História

O início





 A Amunes (Associação dos municípios do Estado do Espírito Santo) foi criada em 15 de julho de 1972, como Associação Capixaba dos Municípios (ACM), com o propósito de organizar os municípios para defesa dos interesses comuns, para tornar as administrações municipais mais ágeis, fazer debates constantes entre os prefeitos e solucionar problemas em diversas áreas. No principio a carência de representatividade e união por parte dos municípios e a força natural da representação municipal da Associação fez com que mudanças legislativas acontecessem, resultado de discussões com o Governo Estadual e Federal, criando articulações políticas para a descentralização das funções de poder, abrindo espaço para o surgimento de lideranças municipais.



Mudanças

 Muitas conquistas aconteceram nesse período. A participação dos municípios no governo provocou mudanças benéficas a eles dando legitimidade para que a Associação permanecesse forte em seu propósito de reconstruções econômicas, administrativas e política. Além de estar sempre presente em momentos complicados do cenário político capixaba, em denúncias de corrupção e em crise econômica, buscando soluções junto às cidades.

Conquistas

 Diante desta atuação comprometida com os municípios capixabas, a Amunes tem muitas conquistas alcançadas ao longo de sua história a apresentar: a criação do Fundo de Redução das Desigualdades Regionais que garante a distribuição de 30% dos royalties de petróleo e gás natural a 70 municípios capixabas; o Programa de Modernização Fiscal (PMF) que viabiliza o fortalecimento e modernização das administrações fiscais dos municípios; a criação do Confaz-M, que destaca a promoção da integração dos órgãos de gestão municipais, que exerçam as atividades de lançamento, fiscalização e arrecadação de tributos de competência própria ou delegada, bem como constituir a instância representativa estadual e regional dos Órgãos Fazendários dos Municípios de cada Estado da Federação, dentre outras. Algumas destas conquistas estão servindo de referencia para outras associações de municípios.

Nova gestão

As diretorias da Amunes têm trabalhado em sintonia com os prefeitos, a partir do drama que é a falta de recursos para dar respostas eficientes aos reclamos da população. As dificuldades têm feito com que a Associação seja a voz da municipalidade junto aos governos. Além de unir os prefeitos, cada diretoria tem dado continuidade ao trabalho de seus antecessores, permitindo uma transição segura entre os mandatos, respeitando a prioridade estabelecida pelos prefeitos capixabas.

Presidentes

  • 2017 - 2019

  • Guerino Luiz ZanonPrefeito de Linhares
  • 2015 - 2017

  • Dalton PerimPrefeito de Venda Nova do Imigrante
  • 2013 - 2015

  • Dalton PerimPrefeito de Venda Nova do Imigrante
  • 2012 - 2013

  • Elieser RabelloPrefeito de Vargem Alta
  • 2011 - 2012

  • Gilson AmaroPrefeito Santa Teresa
  • 2009 - 2011

  • Gilson AmaroPrefeito de Santa Teresa
  • 2007 - 2009

  • João Guerino BalestrassiPrefeito de Colatina
  • 2005 - 2007

  • João Guerino BalestrassiPrefeito de Colatina
  • 2003 - 2004

  • Luiz Carlos Caca GonçalvesPrefeito de Aracruz
  • 2001 - 2002

  • Moacyr Carone AssadPrefeito de Anchieta
  • 2000 - 2001

  • Rui Carlos Baromeu LopesPrefeito de São Mateus
  • 1997 - 1999

  • Rui Carlos Baromeu LopesPrefeito de São Mateus
  • 1995 - 1996

  • José Maria Miguel Feu RosaPrefeito da Serra
  • 1993 - 1994

  • Sebastião CarretaPrefeito de Fundão
  • 1991 - 1993

  • Enivaldo Eusébio dos AnjosPrefeito de Barra de São Francisco
  • 1989 - 1991

  • Moacyr Carone AssadPrefeito de Anchieta
  • 1987 - 1989

  • Adelson Antônio SalvadorPrefeito de Nova Venécia
  • 1980 - 1986

  • José Maria Miguel Feu RosaPrefeito da Serra
  • 1972 - 1980

  • Namyr Carlos de SouzaPrefeito de Vila Velha