Municípios ES, a revista é Amunes foi lançada no Palácio Anchieta

Na manhã desta quinta-feira (19), os prefeitos participaram de agendas na Amunes e no Palácio. Em pauta, a apresentação das atividades de 2019, ações dos municípios em relação ao combate do Aedes Aegypt e o lançamento da revista Municípios ES, uma produção da Amunes, para divulgar os acontecimentos da Instituição e potencializar a comunicação municipalista.

Na primeira edição, a revista Municípios ES repercute o Congresso Gestão de Cidades, realizado no final de novembro, em Vila Velha. No exemplar, os leitores também poderão encontrar artigos técnicos dos conselheiros do Tribunal de Contas e da Findes, que trouxeram informações importantes para os gestores públicos. Em breve, as revistas estarão disponíveis nas prefeituras, órgãos públicos estaduais e de entidades parceiras.

Outra pauta do encontro com o governador Renato Casagrande foi o enfrentamento das arboviroses (doenças causadas pelos chamados arbovírus) transmitidas pelo Aedes aegypti, como dengue, zika e chikungunya. Durante o encontro, Casagrande destacou que a dengue é um assunto preocupante devido ao alto número de pessoas que foram acometidas com a doença durante este ano. “É uma doença perigosa que, além disso, ocupa nossos hospitais, tira a produtividade das pessoas e promove um enorme gasto na saúde. Precisamos de um esforço de todos, da sociedade, dos entes públicos para que possamos reduzir os números de dengue e os impactos causados pela doença”, disse o governador.

A apresentação dos índices da doença foi realizada pelo superintendente Regional de Saúde Metropolitano, Luiz Carlos Reblin, que mostrou que em 2019, por mais de 30 semanas, o Espírito Santo apresentou altos índices de notificação da doença. “É diferente do que vinha ocorrendo antes e a gente começa a ver com muita preocupação. Pois indica que a dengue vai durar praticamente o ano inteiro”, disse.

O superintendente também apresentou um panorama dos casos da doença desde o ano de 2013, destacando que este ano houve a reintrodução do vírus 2 da dengue, tipo que mata mais pessoas.  “Nem todos os casos conseguimos fazer a sorologia do paciente. Nos casos que conseguimos fazer, tem o vírus 1, o vírus 2 e há cidades em que circulam os dois tipos. Isso mostra que temos o combustível para um quadro explosivo, pois temos esses tipos de vírus estão circulando entre nós”, completou.

Após a reunião, os prefeitos presentearam o governador com várias cestas de produtos dos municípios. Que venha 2020! Que venha a Feira dos Municípios!

Data de Publicação: quinta-feira, 19 de dezembro de 2019

Contatos:

Telefone: (27) 3227-3077 | (27) 9 9842-8048
E-mail: amunes@amunes.org.br