Vila Pavão comemora 32 anos de emancipação nesta sexta (01°)

O município de Vila Pavão comemora 32 anos de emancipação política nesta sexta-feira (01°). 

Saiba mais:

A região que hoje conhecemos como Vila Pavão era originalmente reduto dos índios Botocudos, famosos por ostentar lábios inferiores proeminentes, graças ao pedaço de madeira que carregavam ali.

Na década de 1940, com a construção da nova ponte sobre o Rio Doce e a abertura da estrada que liga Nova Venécia a Vila Pavão, os imigrantes pomeranos e italianos começaram a chegar.

O nome 'Vila Pavão' foi colocado por tropeiros que pernoitavam na única casa do 'pavão' existente na encruzilhada onde hoje fica o centro da cidade, que tinha em sua varanda o desenho dessa ave.

Parabéns, Vila Pavão!

Um símbolo da região é festa Pomitafro, maior evento produzido no município, que celebra a união de pomeranos, africanos e italianos, povos que marcam a constituição cultural do município.

Uma atração importante de Vila Pavão é o Museu Pomerano Franz Ramlow, que possui um rico acervo de peças, utensílios e equipamentos utilizados no inicio da colonização pomerana na região. Recebe visitantes durante todo o ano, incluindo alunos deste e de outros municípios, previamente agendados.

Outro ponto turístico local é a Igreja Evangélica de Confissão Luterana tem a torre mais elevada do país. A torre da “igrejona”, como é conhecida, possui 35 metros e seus três sinos de cobre podem ser ouvidos a 12 quilômetros de distância.

Cerca de 78% da população do município reside na zona rural, dando destaque à sua agricultura familiar.

Área da unidade territorial [2021] 433,257 km²
População estimada [2021] 9.280 pessoas
Densidade demográfica [2010] 20,02 hab/km²



Data de Publicação: sexta-feira, 01 de julho de 2022

Contatos:

Telefone: (27) 3227-3077 | (27) 9 9842-8048
E-mail: amunes@amunes.org.br