Iconha | 98 anos de história

A história conta que o inglês Thomaz Dutton chegou à região com intuito de exportar madeira para Europa. O negócio cresceu muito e com ele o interesse de colonizadores pela região. A colonização local iniciou-se do litoral para o interior.

Foi dado inicio ao povoado de Piúma, posteriormente, com a chegada das famílias italianas na área, o povoado começou a ser chamado de Iconha, talvez em virtude das serras gêmeas que contornam o rio e a vila.

A criação do município, com a denominação de Piúma, data de 2 de janeiro de 1891. Em 8 de novembro de 1904, Iconha torna-se sede da administração do município de Piúma.

Em 3 de julho de 1924 Iconha eleva-se à condição de município.

Parabéns, Iconha

No turismo destaca-se o Espaço Cultural Zoé Rodrigues Misságia, cachoeiras, serras e montanhas, artesanato e também as tradicionais festas da Polenta, Agropecuária, dos Caminhoneiros e o Encontro de Moda.

A economia da região é baseada na agricultura. É um dos maiores plantadores de banana do estado, produzindo também café, feijão e milho.

Área da unidade territorial [2021] 203,528 km²
População estimada [2021] 14.083 pessoas
Densidade demográfica [2010] 61,53 hab/km²

 

Data de Publicação: segunda-feira, 04 de julho de 2022

Contatos:

Telefone: (27) 3227-3077 | (27) 9 9842-8048
E-mail: amunes@amunes.org.br