Entrevista: Presidente da Amunes fala sobre a Feira dos Municípios

Após muita expectativa, a espera está acabando. Na semana que vem, a partir do dia 31 de agosto (quinta-feira), começa a Feira dos Municípios 2023, um projeto do Governo do Espírito Santo, em parceria com Amunes, Aderes, Sebrae e Espírito Santo Convention & Visitors Bureau
Nesta entrevista, o presidente da Amunes e prefeito de Ibatiba, Luciano Pingo, fala sobre as expectativas e a participação da Amunes e dos municípios capixabas.

1. Como o presidente da Amunes avalia a importância da realização da Feira dos Municípios para o Espírito Santo?

O retorno da Feira dos Municípios é um desejo que está no coração do governador Renato Casagrande. Ele sabe da importância desse evento para turismo, a cultura, a gastronomia, para os municípios e para as famílias capixabas, que têm na feira uma oportunidade de entretenimento gratuito e de boa qualidade. A Feira dos Municípios marcou época na história do Espírito Santo. 
Eu estou prefeito do município de Ibatiba e para a história de Ibatiba, por exemplo, a feira foi muito importante, porque a cidade já ganhou uma ambulância por sua participação no passado. Da mesma forma que foi importante para Ibatiba, certamente também é para os demais municípios. A AMUNES tem orgulho em estar lado a lado com o Governo do Estado e outros parceiros na retomada histórica deste evento. 

2. Quais são as expectativas da Amunes quanto à participação dos municípios capixabas na Feira dos Municípios?

As expectativas são as melhores possíveis não só por parte da Amunes, mas certamente pela população capixaba também, principalmente quem já participou da feira anos atrás, pois sabe da magnitude e da excelência desse evento. 
Os mais jovens que não tiveram ainda a oportunidade de viver essa experiência e que ouvem falar também estão com expectativas para conhecer esse formato de entretenimento que ficou marcado no calendário de eventos do Espírito Santo. Toda a população capixaba está numa grande expectativa. 

3.    Quais são as questões turísticas envolvidas com a realização da Feira dos Municípios e como elas podem impulsionar o setor no Espírito Santo?

A feira vai dar visibilidade a regiões do Espírito Santo que ainda não são tão conhecidas pela maioria das pessoas. Temos importantes locais aqui no Estado que já caíram no gosto dos turistas, como, por exemplo, a região de Pedra Azul, o litoral capixaba, o mosteiro budista de Ibiraçu, entre outros, mas há muitos outros locais para serem conhecidos e que vão conquistar os turistas, impulsionando ainda mais o turismo do Espírito Santo. O Estado é muito rico em beleza e diversidade de clima e de paisagem, a gastronomia é uma das melhores do país, temos turismo religioso...e nesta oportunidade todos os municípios vão fazer o convite aos turistas, apresentando o que têm de melhor. 
Além disso, durante os dias de feira, a Região Metropolitana e as regiões de montanha e de litoral do estado vão ficar aquecidas e vão ser beneficiadas com os milhares de visitantes da Feira. Hotéis, bares, restaurantes... Todos estão se preparando e, em parceria com a organização da Feira, vão oferecer condições especiais nesse período. 

4.    Quais são os principais benefícios e oportunidades que a Feira dos Municípios oferece aos participantes, tanto em termos de visibilidade como de desenvolvimento econômico?

A Feira dos Municípios é uma grande vitrine para os empreendedores capixabas, de todos os tamanhos e de todos os segmentos, para mostrarem a milhares de pessoas seu trabalho e seus produtos. É uma alternativa que dá chance igual para todos. 
Nesse sentido, vale destacar a atuação da Aderes que sempre promove feiras ao longo do ano, oportunizando aos empreendedores mostrarem sua produção de queijo, de cachaça, de cerveja artesanal, de artesanato, de variados produtos. 
Aquele empreendedor que tem seu negócio lá no interior do estado pode se mostrar para o Estado e pra o Brasil. Além da visibilidade, possibilita que o empreendedor comercialize seus produtos, conheça outros empreendedores e formas de se desenvolver e agregar mais valor. 

5.    Como a realização da Feira dos Municípios fortalece a união entre os municípios capixabas e contribui para a promoção da cultura e identidade regional?
Eu brinco que só vai ter ‘disputa’ entre os municípios porque todos vão querer fazer melhor e mais bonito para conquistar os prêmios que serão oferecidos àqueles com melhor atuação e apresentação dentro de cada região, e entre todos os 78 municípios, aquele que mais se destacar vai ganhar do Governo do Estado um carro. Essa avaliação saudável vai ser difícil, porque cada município está se esforçando, está se programando para mostrar o seu melhor e certamente serão muitos espaços e muitos trabalhos fantásticos. 
O Espírito Santo é muito rico culturalmente, com uma diversidade maravilhosa, e teremos demonstrativos dessa diversidade com apresentações culturais e shows. Também teremos um parque de diversões com roda-gigante, touro mecânico e brinquedos, uma lembrança da Feira do jeito que ela acontecia no passado. 

6.    Quais são os esforços e parcerias envolvidos na organização da Feira dos Municípios, e como isso reflete a importância do trabalho conjunto para o desenvolvimento do estado?
Temos que novamente parabenizar o governador Renato Casagrande por não ter esquecido desse projeto e pela iniciativa brilhante de retomar com a Feira dos Municípios. O governador convocou um time incrível de parceiros, a quem ele confiou essa tarefa, sabendo que vão cumprir à altura que o evento merece. A Amunes está junto com a Aderes, secretarias de Estado de Cultura (Secult) e de Turismo (Setur), Sebrae e o Espírito Santo Convention & Visitors Bureau. A iniciativa da Feira dos Municípios, por meio da união de esforços do Governo do estado com os municípios, é importante para o desenvolvimento do estado, na medida em que promove a cultura, o turismo, a gastronomia e coloca o Estado e consequentemente os municípios no lugar de destaque que merece.

 

Informações à Imprensa: 
Assessoria de Comunicação da Amunes
(27) 99802-7655
comunicacao@amunes.org.br

Data de Publicação: quarta-feira, 30 de agosto de 2023

Contatos:

Telefone: (27) 9 9842-8048
E-mail: amunes@amunes.org.br